Nossa Casa

Nossa Casa, como chamamos carinhosamente, é o espaço em que atualmente está instalada a Unipaz DF, na Granja do Ipê, área do Park Way, na saída Sul de Brasília. É um espaço com cerca de 16 hectares cedido pela União, que possibilita a execução da missão da Universidade Internacional da Paz – Unipaz.

Em 1986, na busca por um espaço cedido pelo então Governador do DF, José Aparecido de Oliveira (1929-2007), Pierre Weil aceitou o desafio de criar uma Cidade da Paz e, acompanhado de Maurício Andrés Ribeiro e Luiz Scortecci, encontrou uma pirâmide na Granja do Ipê que atraiu sua atenção e o convenceu de que aquele lugar era predestinado. 

Inicialmente, a Granja do Ipê foi construída para a residência de Israel Pinheiro, o construtor e primeiro Governador de Brasília. Durante a construção da cidade, Israel Pinheiro recebia instruções de Chico Xavier e em frente à pirâmide, rezava diariamente para que a construção desse certo. Pierre soube, então, que encontrara um lugar sagrado. 

A Granja do Ipê foi o Palácio do Governo do DF e residência dos secretários da Presidência da República. Também recebeu ilustres moradores como Tancredo Neves, Darcy Ribeiro, Leitão de Abreu. O general Golbery do Couto e Silva (1911-1987) transformou a granja numa praça militar, na sede da ditadura militar. 

Nesse espaço, com prédios abandonados e sujos e com guardas morando no que fora a residência de Israel Pinheiro, não restou dúvida para Pierre Weil – de que a missão era transformar aquela praça militar em praça da Paz!

Assim, a Granja do Ipê, cujo nome oculta, de maneira elegante e florida, as letras iniciais de seu primeiro ilustre morador, Israel Pinheiro, plantada num belo espaço ecológico e de significativo valor histórico, foi também a primeira residência de alvenaria construída na capital do Brasil. 

Biblioteca Pierre Weil

A organização, incluindo catalogação dos livros foi obra-prima de Almira Almeida e Suze Vaz, da FHB XXI, inaugurada na celebração de 30 anos da Unipaz, no Encontro Transdisciplinar e Holístico Internacional (e-thi), em 2017. 

Cachoeira e Casa da Cachoeira

Antiga churrasqueira do General Golbery era, também, um lugar privilegiado para reuniões secretas, na época da ditadura militar. Atualmente transmutada em inspirador e privilegiado espaço para os seminários e cursos da Unipaz. É também conhecida como Espaço Madre Theresa de Calcutá.

Casa do Silêncio

Preciosa obra-prima coletiva da quinta turma da Formação Holística de Base, coordenada por Lydia Rebouças. Tem o nome de Carlos Henriques, in memorian, arquiteto que, junto com Marilucy Oliveira, fez o seu projeto e acompanhou a sua execução.

Casa do Sol

Baias para cavalos, na época do general Golbery. Foi o “Instituto de Tecnologia Alternativa” do GDF, que efetuou a sua reforma, transformando a edificação em salas de escritório. Quando da chegada da Unipaz, a Escola Casa do Sol, após haver ocupado a Pousada, foi transferida para esse espaço. Foi utilizada pelo complexo da Escola Classe Granja do Ipê. 

Casa Sede

No início, além de ser a sede da UNIPAZ DF, foi utilizada como moradia provisória dos pioneiros Pierre Weil, Lydia Rebouças, Virgínia Garcez, Bené Fonteles, Vera Pinheiro entre tantos outros. Atualmente, intitulada Casa Sede, abriga a Secretaria Executiva da Fundação Cidade da Paz, a Reitoria da UNIPAZ, a Biblioteca Pierre Weil, o Memorial Pierre Weil, o espaço Luther King, a Sala de Vidros e a pousada da Casa Sede.

Ermida

Réplica da Ermida Dom Bosco, construída por Israel Pinheiro, recebeu a imagem de Dom Bosco no dia da Inauguração da Unipaz em abril de 1987, com a presença do Governador José Aparecido de Oliveira.

Espaço Gandhi

Uma garagem aberta, destinada a abrigar carros militares de assalto (tanques sobre rodas), na época da ditadura. A UNIPAZ fechou o espaço, transformando-o no seu maior auditório.

Espaço da Oficina de Cerâmica

Abrigo de um antigo grupo gerador, desde a época da ditadura, com capacidade de prover a Granja do Ipê de energia elétrica por vários meses, para a eventualidade da Granja ser sitiada. Com a UNIPAZ DF, a área externa passou a ser utilizada como Oficina de Cerâmica.

Guaritas

Utilizadas na época da ditadura militar pela guarda do General Golbery do Couto e Silva (1911-1987), para segurança das autoridades que habitavam e frequentavam a Granja do Ipê. A partir da FHB Jovens TURMA VIII – Tribo do Berço (2007-2009), as guaritas começaram a ser pintadas pelos aprendizes, com mensagens de paz.

Labirinto

Obra-prima de Delma Sandri, aprendiz da Formação Holística de Base, Turma XII, foi inaugurado com as bênçãos de Jean-Yves Leloup. O labirinto é uma cópia do labirinto do século XII, um caminho em lajes contínuas na nave principal da Catedral Notre Dame de Chartres da França. 

A vida, como um labirinto, é feita de início, meio, fim e recomeços… sempre um eterno vir a Ser. Delma Sandri

Marcenaria

Um espaço que foi uma estribaria, hoje é a marcenaria da Unipaz. Em uma de suas fachadas foi pintado um painel, uma arte de Tiago Botelho, por ocasião do Encontro “A Voz das Avós das quatro direções do planeta”. Evento registrado no vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=u9pYsCqzQpg

Mastro da Paz

Foi recebido por Pierre Weil no Congresso em Findhorn em 1999, que trouxe no avião, o mastro de cerca de 3 m de altura. Um Mastro da Paz é um símbolo reconhecido internacionalmente como de esperança e sonho de toda a família humana, em que a frase “Que a Paz prevaleça no mundo” consta inscrita em diversos idiomas e, com isso, pretende manter, em oração silenciosa, a paz na Terra. Estima-se que mais de 250.000 Mastros da Paz estão instalados em mais de 200 países do mundo.

Memorial Pierre Weil

Mantido após a passagem de Pierre Weil em 10/10/2008, contém mobiliário de sua casa, quadros, fotos e presentes recebidos ao longo de sua vida, gentilmente cedidos por sua família.

NUTERE/CIT

Foi construído, já na época em que a Unipaz ocupava a Granja do Ipê, para ser o estúdio de gravação do grupo Udiyana Bandha de Thomas Edward Brokaw, tendo ficado inacabado. Com o término da obra, passou a ser um Núcleo de Terapias e Evolução, denominado NUTERE. Hoje, acolhe o Colégio Internacional dos Terapeutas – CIT. 

Ouroboros ou Oroboro

Escultura de pedra doada por Vera Kohn (1912-2012) do Centro de Desarrollo Integral de Quito, Equador. Na escultura está inscrito “Convocado ou não, Deus está presente”, e apresenta o desenho de uma Ouroboros ou Oroboro que simboliza o ciclo da vida, o infinito, a mudança, o tempo, a evolução, a fecundação, o nascimento, a morte, a ressurreição, a criação, a destruição, a renovação. Encontra-se na entrada do espaço da Teia de Thea.

Pousada

O dormitório da guarda, na época do general Golbery, passou a acolher a Escola Casa do Sol, posteriormente transformado em pousada para os aprendizes da Unipaz.

Refeitório

Construído para alimentar os 50 guardas que trabalhavam na segurança da Granja na época do General Golbery, passou a ser a cozinha onde eram feitas as refeições do Serviço de Limpeza Urbana do GDF/SLU. Finalmente, tornou-se a cozinha/ refeitório da Unipaz.

Sino da Paz

Doado à Unipaz pela Associação Internacional do Sino da Paz de Tóquio, é uma réplica do Sino da Paz instalado nos jardins das Nações Unidas, em Nova York.  O sino pesa quase uma tonelada e é feito de bronze, fundido com moedas de todos os países do mundo. Foi encaminhado pelo representante do Embaixador do Brasil em Tóquio e inaugurado em 1997, na Unipaz, na presença de autoridades japonesas e brasileiras. Saiba Mais

Vila Arco-Íris

Utilizado para abrigar funcionários, na época do General Golbery. Com a Unipaz, passou a ser utilizado como oficinas do Projeto T.A.B.A. (Trabalho Artesanal em Benefício do Aperfeiçoamento), tais como tecelagem, papéis e flores artesanais, entre outras.