Jardineiros da Terra

Lydia Rebouças e Ulisses Riedel são os próximos convidados do Jardineiros da Terra 

A psicóloga Lydia Rebouças, vice-reitora da Universidade Internacional da Paz (Unipaz), e o advogado, jornalista e humanista Ulisses Riedel, presidente da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) União Planetária e da TV Supren, de Brasília, são os convidados do novo encontro do Projeto Jardineiros da Terra, da Unipaz DF. 

Com o tema Democracia, Não Violência e Paz, quarto pilar da Carta da Terra, a experiência virtual acontecerá no próximo dia 26, às 19 horas, pelo Zoom. Lydia promoverá uma reflexão com o tema Cultura de Paz na Educação. Já Riedel versará sobre o tema Um Mundo Ideal

A iniciativa tem como facilitadores a pró-reitora da Unipaz, Regina Fittipaldi, o diretor do Instituto Brasileiro de Ecopsicologia (IBE), Marco Aurélio Bilibio, e a educadora Maria Beatriz Maury, doutora em Desenvolvimento Sustentável. Os encontros sempre contam com a presença de convidados alinhados aos valores e princípios da Unipaz e da Carta da Terra, abordando temas que permitem a expansão da consciência à luz da ecopsicologia, ecologia profunda e cultura de paz. 

SOBRE OS CONVIDADOS

Co-fundadora da Unipaz no Brasil e vice-reitora da Rede Unipaz, Lydia Rebouças é educadora, psicóloga e mestre em Psicologia, com 33 anos de experiência na área clínica. Dirigiu o Projeto UniverCidade, primeira iniciativa a aplicar a abordagem holística em Brasília (1986). 

Tem especializações em Psicologia Transpessoal, com o professor doutor Pierre Weil, e Core Energetics, com o doutor John Pierrakos. É facilitadora de palestras, seminários e formações de facilitadores no Brasil e no exterior. 

Membro do Colégio Internacional dos Terapeuta (CIT) – Brasil, Lydia é escritora, jardineira, artesã, velejadora, peregrina e autora do livro A Inventadeira.

Ulisses Riedel de Resende é advogado, humanista, jornalista, escritor, empreendedor social e conferencista internacional. Preside a Oscip União Planetária, a TV Supren e a Fazenda Escola Bona Espero – Bona Espero Unio Planeda.

É membro da Comissão Executiva do Congresso dos Povos, em Paris; diretor da Sociedade Teosófica no Brasil e conselheiro da Reserva Ecológica Paraíso na Terra, localizada no Distrito Federal. 

Cidadão Honorário de Brasília, ele é fundador e diretor técnico do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP) e membro da Academia de Letras de Brasília. Foi senador da República, em 2001, e membro da Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, em 2003. 

Atualmente, é membro do Conselho da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Distrito Federal e também professor de Direito do Trabalho na Universidade Gama Filho, no Rio de Janeiro, e no Centro Unificado de Ensino – UniCEUB, em Brasília.

INSCRIÇÕES

As inscrições para o Jardineiros da Terra são isentas de investimento e podem ser feitas até o dia 24 de janeiro. Para se inscrever, basta clicar nesse link: https://www.sympla.com.br/jardineiros-da-terra—democracia-nao-violencia-e-paz__1098819. Quem preferir pode acessar o evento Jardineiros da Terra – Democracia, Não Violência e Paz direto no Sympla. 

A participação no projeto dá direito a certificação. No entanto, a Unipaz DF esclarece que só receberão certificado os inscritos para o projeto, com a devida presença confirmada em, pelo menos, quatro encontros.

PRÓXIMO CONVIDADO

Jardineiros da Terra Uma Jornada para a Abordagem dos Quatro Pilares da Carta da Terra Sob o Olhar da Ecopsicologia e da Ecologia Profunda. Nesta etapa, ainda contaremos com a presença do antropólogo e psicólogo Roberto Crema, reitor da Unipaz.

O Projeto Jardineiros da Terra é um espaço virtual de encontro para o contato com experiências baseadas na missão e valores da UNIPAZ. Contempla assuntos relacionados às ecologias individual, social e ambiental.

O objetivo do Jardineiros da Terra é sensibilizar as pessoas para a importância de cuidar do Planeta Terra. Para tanto, o projeto divulga boas ações e promove reflexões, dando visibilidade aos processos de enraizamento e transformações, a partir do propósito da UNIPAZ e dos princípios da Carta da Terra.

A abordagem da Ecopsicologia e da Ecologia Profunda permite reflexões sobre a desconexão do ser humano com o mundo natural, a consequente crise ambiental e os desafios contemporâneos que nos lançam em um impasse civilizacional. Permite também redescobrir a profunda vinculação humana ao mundo da vida e viver outro grau de presença e sensibilidade no co-existir no planeta Terra.

O projeto é voltado aos interessados em melhorar as relações consigo, com outro e com o meio ambiente; se engajar em um movimento de amor, serviço e responsabilidade de uns com os outros para garantir a vida no Planeta, além de contribuir para a reconciliação da ciência contemporânea com as tradições ancestrais.

O propósito maior do Jardineiros da Terra é auxiliar no processo de expansão de consciência, para que tenhamos mais clareza da necessidade urgente da humanidade cuidar melhor do Planeta. A Unipaz entende que é preciso trazer essa consciência ao plano físico, com ações concretas, para que um mundo mais justo, sustentável e pacífico seja uma realidade presente.

Justiça Social e Econômica é tema de encontro do Jardineiros da Terra

A Universidade Internacional da Paz (Unipaz) Distrito Federal promove novo encontro do Projeto Jardineiros da Terra. Desta vez, o tema abordado será Justiça Social e Econômica, terceiro pilar da Carta da Terra. A experiência virtual acontecerá no dia 15 de dezembro, às 19 horas, com transmissão, ao vivo, pela plataforma Zoom.

Os convidados desta edição do projeto são o ambientalista e educador popular Pedro Ivo Batista, co-fundador da Associação Alternativa Terrazul e da Teia Carta da Terra Brasil, e o advogado Nelton Friedrich, deputado constituinte de 88, ex-secretário de Meio Ambiente do Paraná e criador do Programa Cultivando Água Boa, premiado pela Organização da Nações Unidas (ONU), Organização dos Estados Americanos (OEA) e Carta da Terra Internacional.

O Projeto Jardineiros da Terra possibilita diversas abordagens para expansão da consciência, como Ecologia, Ecopsicologia, Agrofloresta, Saúde Integral e Biodiversidade. A iniciativa tem como facilitadores a pró-reitora da UNIPAZ, Regina Fittipaldi, o diretor do IBE, Marco Aurélio Bilibio, e a educadora Maria Beatriz Maury, doutora em Desenvolvimento Sustentável. Os encontros sempre contam com a presença de convidados alinhados aos valores e princípios da UNIPAZ e da Carta da Terra.

SAIBA MAIS SOBRE OS CONVIDADOS

Pedro Ivo Batista foi assessor parlamentar do Senado Federal, assessor especial do Ministério do Meio Ambiente e secretário de Meio Ambiente de Fortaleza. 

Atualmente, ele é coordenador do Fórum Brasileiro de ONGs e Movimentos Sociais para o Meio Ambiente e Desenvolvimento (FBOMS) e presidente do Conselho Curador da Fundação Esquel.

Nelton Miguel Friedrich foi secretário de Estado do Paraná nas áreas de Meio Ambiente, Energia, Habitação, Água e Saneamento. Foi destacado deputado constituinte de 88, com 513 emendas apresentadas, e membro da Frente Verde.

Durante 14 anos, esteve à frente da Diretoria de Meio Ambiente da Itaipu Binacional. É criador do Programa Cultivando Água Boa, fundamentado na ética do cuidado e na Carta da Terra. 

Em 2015, a iniciativa recebeu o prêmio Água, Fonte de Vida, concedido pela ONU-Água, como Melhor Gestão Mundial da Água com Participação Social, e também reconhecimento da Carta da Terra Internacional. Atualmente, o programa é dedicado à Agenda 2030 – Fazer o Global com os Locais. 

INSCRIÇÃO

As inscrições para o Jardineiros da Terra são isentas de investimento e podem ser feitas até o dia 13 de dezembro. Para participar, basta clicar neste link: https://www.sympla.com.br/jardineiros-da-terra—justica-social-e-economica__1069943 . Quem preferir pode acessar o evento Jardineiros da Terra – Justiça Social e Econômica direto no Sympla.

A participação no projeto dá direito a certificação. No entanto, a Unipaz DF esclarece que só receberão certificado os inscritos para o projeto, com a devida presença confirmada em, pelo menos, quatro encontros.

PRÓXIMOS CONVIDADOS

Nessa jornada, ainda contaremos com a presença do antropólogo e psicólogo Roberto Crema, reitor da UNIPAZ; da psicóloga Lydya Rebouças, vice-reitora da universidade, e do advogado Ulisses Riedel, presidente da Unio Planeda.

Jornalista Responsável  Wanda Fernandes  MTb: 27.855    (13) 99743-9714

SAIBA MAIS SOBRE OS CONVIDADOS

Pedro Ivo Batista foi assessor parlamentar do Senado Federal, assessor especial do Ministério do Meio Ambiente e secretário de Meio Ambiente de Fortaleza. 

Atualmente, ele é coordenador do Fórum Brasileiro de ONGs e Movimentos Sociais para o Meio Ambiente e Desenvolvimento (FBOMS) e presidente do Conselho Curador da Fundação Esquel.

Nelton Miguel Friedrich foi secretário de Estado do Paraná nas áreas de Meio Ambiente, Energia, Habitação, Água e Saneamento. Foi destacado deputado constituinte de 88, com 513 emendas apresentadas, e membro da Frente Verde.

Durante 14 anos, esteve à frente da Diretoria de Meio Ambiente da Itaipu Binacional. É criador do Programa Cultivando Água Boa, fundamentado na ética do cuidado e na Carta da Terra. 

Em 2015, a iniciativa recebeu o prêmio Água, Fonte de Vida, concedido pela ONU-Água, como Melhor Gestão Mundial da Água com Participação Social, e também reconhecimento da Carta da Terra Internacional. Atualmente, o programa é dedicado à Agenda 2030 – Fazer o Global com os Locais. 

INSCRIÇÃO

As inscrições para o Jardineiros da Terra são isentas de investimento e podem ser feitas até o dia 13 de dezembro. Para participar, basta clicar neste link: https://www.sympla.com.br/jardineiros-da-terra—justica-social-e-economica__1069943 . Quem preferir pode acessar o evento Jardineiros da Terra – Justiça Social e Econômica direto no Sympla.

A participação no projeto dá direito a certificação. No entanto, a Unipaz DF esclarece que só receberão certificado os inscritos para o projeto, com a devida presença confirmada em, pelo menos, quatro encontros.

PRÓXIMOS CONVIDADOS

Nessa jornada, ainda contaremos com a presença do antropólogo e psicólogo Roberto Crema, reitor da UNIPAZ; da psicóloga Lydya Rebouças, vice-reitora da universidade, e do advogado Ulisses Riedel, presidente da Unio Planeda.

Jornalista Responsável  Wanda Fernandes  MTb: 27.855    (13) 99743-9714

Integridade Ecológica é tema de encontro em projeto da Unipaz

 

Os convidados da nova edição do Jardineiros da Terra são a educadora e agrônoma Helena Maltez e o diretor geral do CIRAT, Sérgio Ribeiro; projeto foi criado pela universidade para incentivar cuidados com o planeta

Cumprindo seu propósito de amor e serviço ao Planeta, a Universidade Internacional da Paz (Unipaz), promove o terceiro encontro do Projeto Jardineiros da Terra. Com o tema Integridade Ecológica, segundo pilar da Carta da Terra, a experiência remota acontecerá no dia 24 de novembro, às 19 horas, ao vivo, pela plataforma Zoom.

O projeto foi criado pela Unipaz Distrito Federal para incentivar cuidados com o planeta, inicialmente, com a abordagem dos princípios da Carta da Terra a luz da ecopsicologia e da ecologia Profunda. 

Desta vez, os convidados são a educadora e agrônoma da ONG Mutirão Agloflorestal, Helena Maria Maltez, consultora do Centro Mundial de Pesquisa Agroflorestal (ICRAF) e da Kozmoz, empresa moçambicana catalisadora da sustentabilidade que vem difundindo a Agrofloresta em Moçambique, e o diretor-geral do Centro Internacional de Água e Transdisciplinaridade (Cirat), Sérgio Ribeiro. 

Helena contemplará os participantes com o tema O papel da Jardinagem Agroflorestal na regeneração da Terra e da Humanidade. Já Ribeiro promoverá uma reflexão sobre A Abordagem Transdisciplinar na Relação com a Água e o Meio Ambiente.

Jardineiros da Terra – Uma jornada para a abordagem dos quatros pilares da Carta da Terra sob o olhar da Ecopsicologia e Ecologia Profunda é o tema do primeiro ciclo do projeto, que contará com seis encontros. A UNIPAZ é afiliada da Carta da Terra Internacional. Por esse motivo, a primeira iniciativa é destinada à divulgação do movimento global, por uma ótica diferenciada.

A iniciativa tem como facilitadores a pró-reitora da UNIPAZ; o diretor do IBE, Marco Aurélio Bilibio; e a educadora Maria Beatriz Maury, doutora em Desenvolvimento Sustentável. Os encontros sempre contam com a presença de convidados alinhados aos propósitos da UNIPAZ e da Carta da Terra.

O Jardineiros da Terra é voltado aos interessados em melhorar as relações consigo, com outro e com o meio ambiente; se engajar em um movimento de amor, serviço e responsabilidade de uns com os outros para garantir a vida no Planeta e contribuir para a reconciliação da ciência contemporânea com as tradições ancestrais.

INSCRIÇÕES

As inscrições para o Jardineiros da Terra são isentas de investimento e podem ser feitas até o dia 22 de novembro. Para se inscrever, basta clicar neste link https://bit.ly/2U91iLE . Quem preferir pode acessar o evento Jardineiros da Terra – Integridade Ecológica direto na plataforma Sympla. 


Jornalista Responsável 

Wanda Fernandes

MTb: 27.855

 

Jardineiros da Terra

Unipaz lança projeto para incentivar cuidados com o Planeta

Lançamento do Jardineiros da Terra será no dia 22 de setembro, inicialmente, sob a ótica da ecopsicologia e ecologia profunda, com transmissão pelo YouTube

Qual é o seu maior propósito? O da Universidade Internacional da Paz (UNIPAZ) é o de amor e serviço ao Planeta, por meio da cultura de paz. Com esse olhar, a UNIPAZ Distrito Federal lançará no dia 22 de setembro, às 19h30, o projeto Jardineiros da Terra. Trata-se de um espaço virtual para o contato com experiências baseadas na missão e valores da UNIPAZ. O lançamento da iniciativa, que contemplará assuntos relacionados às ecologias individual, social e ambiental, será transmitido pelo Zoom e simultaneamente pelo YouTube da UNIPAZ DF. 

Jardineiros da Terra – Uma jornada para a abordagem dos quatros pilares da Carta da Terra sob o olhar da Ecopsicologia e Ecologia Profunda é o tema do primeiro ciclo do projeto, que terá seis encontros. A UNIPAZ é afiliada da Carta da Terra Internacional, por esse motivo, a primeira iniciativa será destinada à divulgação do movimento global, por uma ótica diferenciada.

 

“Nosso objetivo é sensibilizar às pessoas para a importância de cuidar do nosso jardim: a Mãe Terra. Para tanto, divulgaremos boas ações e promoveremos reflexões, dando visibilidade aos processos de enraizamento e transformações, a partir do propósito da UNIPAZ e dos princípios da Carta da Terra”, explicou a pró-reitora de Meio Ambiente da UNIPAZ, Regina Fittipaldi, idealizadora do projeto, que tem o Instituto Brasileiro de Ecopsicologia (IBE) como parceiro. 

Segundo Regina, o Jardineiros da Terra possibilitará diversas abordagens para expansão da consciência, como Ecologia, Ecopsicologia, Agrofloresta, Saúde Integral e Biodiversidade. A iniciativa terá como facilitadores a pró-reitora da UNIPAZ; o diretor do IBE, Marco Aurélio Bilibio; e a educadora Maria Beatriz Maury, doutora em Desenvolvimento Sustentável, com participação de convidados alinhados aos propósitos da UNIPAZ e da Carta da Terra.

“A abordagem da Ecopsicologia e da Ecologia Profunda permite reflexões sobre a desconexão do ser humano com o mundo natural, a consequente crise ambiental e os desafios contemporâneos que nos lançam em um impasse civilizacional. Permite também redescobrir nossa profunda vinculação ao mundo da vida, e viver outro grau de presença e sensibilidade no co-existir nesse belo planeta vivo”, destacou o diretor do IBE.

A convidada do primeiro encontro é a facilitadora do Centro Carta da Terra de Educação para o Desenvolvimento Sustentável em parceria com a Universidade para a Paz (Upaz) da Costa Rica, Daniela Carvalho Piaggio. Ela promoverá uma reflexão sobre o tema Carta da Terra: Valores e princípios para um Mundo sustentável e harmonioso.

O Jardineiros da Terra é voltado aos interessados em melhorar as relações consigo, com outro e com o meio ambiente; se engajar em um movimento de amor, serviço e responsabilidade de uns com os outros para garantir a vida no Planeta e contribuir para a reconciliação da ciência contemporânea com as tradições ancestrais.

Precisamos cuidar do nosso jardim. Não apenas do jardim que muitos entendem, com árvores, arbustos e flores. É todo o planeta Terra, com suas águas, todas as criaturas e manifestações de vida que existem nele”, frisou a pró-reitora de Meio Ambiente da UNIPAZ.

Regina ressalta ainda que o propósito maior do Jardineiros da Terra é auxiliar as pessoas no processo de expansão de consciência, para que tenham clareza da necessidade urgente da humanidade cuidar melhor do Planeta. É preciso trazer essa consciência ao plano físico, com ações concretas, para que um mundo mais justo, sustentável e pacífico seja uma realidade presente”, finalizou.

Programação

Neste primeiro momento, serão realizados seis encontros com temas relacionados aos quatro metaprincípios da Carta da Terra: 22/09 (Lançamento); 20/10 (Respeitar e Cuidar da Comunidade); 24/11 (Integridade Ecológica); 15/12 (Justiça Social e Econômica); 26/01(Democracia, Não Violência e Paz) e 23/02 (Novos Rumos, Novos Tempos).

Dentre os convidados da primeira jornada, o antropólogo e psicólogo Roberto Crema, reitor da UNIPAZ; a psicóloga Lydia Rebouças, vice-reitora da UNIPAZ; o diretor geral do Centro Internacional de Água e Transdisciplinaridade (CIRAT), Sérgio Ribeiro; a educadora e agrônoma Helena Maria Maltez, da ONG Mutirão Agroflorestal; Daniel Iberê Alves da Silva, do povo M’Byá Guarani, doutorando em Antropologia Social; Pedro Ivo Batista; Socioambientalista, fundador da Associação Alternativa Terra Azul, afiliada à Carta da Terra Internacional e associada à Teia da Carta da Terra Brasil, e o advogado Ulisses Riedel, presidente da Unio Planeda.

INSCRIÇÕES

As inscrições para o Jardineiros da Terra são isentas de investimento financeiro e devem ser feitas a cada encontro. Para quem participar de, pelo menos, quatro eventos, será emitido certificado.

A UNIPAZ DF esclarece que só receberão certificado de participação os inscritos para o Jardineiros da Terra pelo Sympla, com a devida presença confirmada a cada encontro. A participação, por meio de perguntas, também será restrita aos inscritos no projeto, que estarão na sala do Zoom. 

Outras informações no site (unipazdf.org.br) e nas redes sociais da UNIPAZ DF e do Jardineiros da Terra.

Jardineiros da Terra é divulgado para o Mundo em três idiomas⁣

O projeto Jardineiros da Terra, criado pela Unipaz DF para abordar os valores da nossa instituição que são convergentes com os princípios da Carta da Terra Internacional, foi divulgado no site desse precioso movimento global em três idiomas. Confira!⁣

Português: https://bit.ly/3nOkEn1 ⁣

Espanhol: https://bit.ly/2Iukwcd ⁣

Espanhol: https://bit.ly/3lICyWh

 

UNIPAZ DF

SMPW Quadra 8, conjunto 2,
Área Especial Granja do Ipê
Park Way -  Brasília/DF
CEP: 71.740-802

FALE CONOSCO

(61) 3380-2069
Celular: Vivo (61) 99818-2860
unipaz@unipazdf.org.br

FACEBOOK