Voluntariado

Apresentação

A Universidade Holística Internacional é uma organização não-governamental sem fins lucrativos. Foi criada pelo Decreto nº 11.203/88, do Governo do Distrito Federal, para desenvolver projetos específicos e interrelacionados à Cultura de Paz, alicerçada na visão holística, de acordo com a Declaração de Veneza da UNESCO (1986) e a Carta de Brasília, documento síntese do I Congresso Holístico Internacional de 1987. Declarada órgão de Utilidade Pública Federal, por Decreto do Presidente da República, publicado no Diário Oficial de 16 de Abril de 1997.

A Universidade Holística Internacional desenvolveu uma rede de unidades espalhadas em diversas capitais e cidades do Brasil e exterior que recebem a denominação de Universidade Internacional da Paz – UNIPAZ.

A UNIPAZ-DF está localizada em uma área de 250 hectares na Granja do Ipê, em Brasília, sítio de grande beleza, inserido no cerrado, com cachoeira, flora e fauna nativas. A UNIPAZ atua por meio da administração de projetos e programas de formação livre e acadêmica sob forma de seminários, congressos, cursos de curta, média e longa duração; na forma de ações comunitárias, sociais e ambientais; e por meio de pesquisas acadêmicas.

É um centro de educação da Arte de Viver em Paz; um local de retiro e encontro de tradições espirituais vivas; um espaço de desenvolvimento de uma nova cultura holística e de preservação de aspectos pacíficos e integrativos da cultura brasileira; e busca incentivar um viver pleno e consciente.

O VOLUNTÁRIO é um ator social e agente de transformação que presta serviços não remunerados em benefício da comunidade, doando seu tempo e conhecimento. Realiza um trabalho gerado pela energia de seu impulso solidário, atendendo tanto as necessidades do próximo ou aos imperativos de uma causa, como às suas próprias motivações pessoais, sejam estas de caráter religioso, cultural, filosófico, político, emocional.

O serviço voluntário não gera vínculo empregatício, nem obrigações trabalhistas, previdenciárias ou afins. A atividade será exercida mediante a celebração de Termo de Adesão entre a UNIPAZ (via Fundação Cidade da Paz – FUNCIPAZ) e o prestador do serviço voluntário, dele devendo constar o objeto e as condições de seu exercício, conforme Lei no. 9.608, de 18 de fevereiro de 1998.

A UNIPAZ-DF necessita do trabalho voluntário para cumprir sua missão. Por se tratar de entidade sem fins lucrativos e dispondo de poucos recursos e limitado apoio governamental, a ajuda de voluntários mostra-se o caminho mais viável para garantir a permanência da Instituição. Os voluntários atuam na gestão, organização, manutenção, administração da UNIPAZ-DF, bem como na divulgação das atividades e missão da Instituição.

O voluntário deve prestar serviços na UNIPAZ-DF em carga horária a ser definida entre as partes.

Legislação

LEI Nº 9.608, DE 18 DE FEVEREIRO DE 1998

Dispõe sobre o serviço voluntário e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º Considera-se serviço voluntário, para fins desta Lei, a atividade não remunerada, prestada por pessoa física a entidade pública de qualquer natureza, ou a instituição privada de fins não lucrativos, que tenha objetivos cívicos, culturais, educacionais, científicos, recreativos ou de assistência social, inclusive mutualidade.

Parágrafo único. O serviço voluntário não gera vínculo empregatício, nem obrigação de natureza trabalhista previdenciária ou afim.

Art. 2º O serviço voluntário será exercido mediante a celebração de termo de adesão entre a entidade, pública ou privada, e o prestador do serviço voluntário, dele devendo constar o objeto e as condições de seu exercício.

Art. 3º O prestador do serviço voluntário poderá ser ressarcido pelas despesas que comprovadamente realizar no desempenho das atividades voluntárias.

Parágrafo único. As despesas a serem ressarcidas deverão estar expressamente autorizadas pela entidade a que for prestado o serviço voluntário.

Art. 3o-   (Revogado pela Lei nº 11.692, de 2008)

Art. 4º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Art. 5º Revogam-se as disposições em contrário.

Brasília, 18 de fevereiro de 1998; 177º da Independência e 110º da República.

FERNANDO HENRIQUE CARDOSO

Paulo Paiva

Este texto não substitui o publicado no D.O.U. de 19.2.1998

Passo-a-passo

Como ser um voluntário UNIPAZ

  • VOLUNTÁRIO é um ator social e agente de transformação que presta serviços não remunerados em benefício da comunidade, doando seu tempo e conhecimento. Realiza um trabalho gerado pela energia de seu impulso solidário, atendendo tanto as necessidades do próximo ou aos imperativos de uma causa, como à suas próprias motivações pessoais, sejam estas de caráter religioso, cultural, filosófico, político, emocional.
  • O serviço voluntário não gera vínculo empregatício, nem obrigações trabalhistas, previdenciárias ou afins. A atividade será exercida mediante a celebração de Termo de Adesão entre a FUNCIPAZ e o prestador do serviço voluntário, dele devendo constar o objeto e as condições de seu exercício, conforme Lei no. 9.608, de 18 de fevereiro de 1998.
  • OBJETIVO: A FUNCIPAZ necessita do trabalho voluntário para cumprir sua missão. Por se tratar de entidade sem fins lucrativos e dispondo de poucos recursos e   limitado apoio governamental, a ajuda de voluntários mostra-se o caminho mais viável para garantir a permanência da Instituição. Os voluntários atuam na gestão, organização, manutenção, administração da FUNCIPAZ, bem como na divulgação das atividades e missão da Instituição.
  • O voluntário da FUNCIPAZ deve prestar serviços em carga horária a ser definida entre as partes.

Passos para se tornar um volunário FUNCIPAZ

  • Primeiro Passo: Entrar em contato com a FUNCIPAZ pelos seguintes meios: via site (pré-inscrição), e-mail voluntariado.unipaz.df@gmail.com, ou visita previamente agendada à UNIPAZ;
  • Segundo Passo: Preencher o cadastro e informar sua disponibilidade e interesse;
  • Terceiro Passo: Participar da reunião informativa, que tem por objetivo apresentar a UNIPAZ e a forma de atuação da instituição, bem como o papel do voluntariado;
  • Quarto Passo: O candidato a voluntário participa de entrevista individual com o Coordenador da atividade escolhida a fim de definir o dia, local, hora e como será a sua participação; .Quinto Passo – Assinatura do Termo de Adesão

Atribuições:

ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA:

  • Compor os órgãos de direção, administração e fiscalização interna da FUNCIPAZ e da UNIPAZ;
  • Coordenar os Projetos e Programas continuados da UNIPAZ;
  • Assessorar os demais voluntários da FUNCIPAZ;
  • Realizar serviços de secretaria;
  • Assessorar o Reitor e Vice-Reitor no desempenho de suas funções, gerenciando informações, auxiliando na execução de suas tarefas administrativas;
  • Gerenciar nas reuniões, marcando e cancelando compromissos;
  • Participar dos encontros da rede UNIPAZ e do CGUU, coordenando a comunicação pela internet;
  • Controlar documentos, correspondências e arquivo;
  • Atender clientes externos e internos;
  • Agenda pessoal do Reitor;
  • Atuação junto às áreas Financeira, Cursos/Eventos e de Recursos Humanos.
  • Credenciamentos dos facilitadores da UNIPAZ DF ou da Rede UNIPAZ;
  • Emitir certificados e declarações de participação aos participantes das formações UNIPAZ;
  • Atualizar e cadastrar a relação de bens patrimoniais da FUNCIPAZ e da UNIPAZ;

SERVIÇOS DE INFORMÁTICA

  • Manutenção e configuração dos microcomputadores de uso da instituição;
  • Realizar backups dos microcomputadores da instituição;
  • Serviço de banco de dados – criar programa de registro e controle de dados dos participantes dos cursos oferecidos na Instituição (Registros, frequência, controle de pagamentos, presença de todos os aprendizes da UNIPAZ, lista de e-mails ou mala direta)

NUTRICIONISTA

  • Orientar para uma adequada alimentação realizada no restaurante da UNIPAZ, com acompanhamento dos cardápios;
  • Organizar a lista de compras para a elaboração dos cardápios

BIBLIOTECA

  • Montar e manter atualizada a Biblioteca UNIPAZ;
  • Manter o programa de doação de livros para a Biblioteca UNIPAZ

MARKETING

  • Divulgação dos projetos e cursos da UNIPAZ:
  • manter contatos com revistas, jornais, TV e outros meios de comunicação;
  • Profissional da Web: criar, atualizar site, blog’s e facebook
  • Designer gráfico: criar folders, panfletos e informes para divulgação

 

JARDINAGEM

  • Atividades de paisagismo no âmbito da UNIPAZ;
  • Atividades de corte e limpeza das áreas verdes e de podas quando necessário.

ELETRICISTA:

  • Refazer ou reparar danos com eletricidade;
  • Realizar revisão periódica das instalações elétricas no âmbito da UNIPAZ

MARCENARIA

  • Reformar e/ou fabricar pequenos móveis.

CARPINTARIA

  • Reformar portas e janelas no âmbito da UNIPAZ

SERRALHERIA

  • Refazer ou reparar danos de serralheria no âmbito da UNIPAZ

PINTURA

  • Realizar serviços de pintura para manutenção da instituição

PEDREIRO

  • Atividades de reforma para manutenção da instituição

COSTUREIRO

  • Realizar atividades de costura, como fazer almofadas, cortinas, roupa de cama, toalhas de mesa para utilização na Instituição

BAZAR e LOJA UNIPAZ

  • Realizar bazares com atividades de doação e/ou venda de produtos da UNIPAZ;
  • Cadastrar e manter atualizado o cadastro dos produtos da Loja UNIPAZ.

CUIDADOR DE ANIMAIS

  • Cuidar dos animais que vivem na UNIPAZ, como galinhas, peixes, cachorros e gatos.

EVENTOS

  • Auxiliar na organização dos eventos/seminários realizados pela UNIPAZ.

PROJETOS ESPECIAIS

  • Necessidades pontuais demandadas pelo Colegiado ou pelas Coordenações da UNIPAZ/FUNCIPAZ

Inscrições

Voluntariado

Share